Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Coisas que me tiram do sério

Aqui vão poder ler desabafos, asneiras, e muita, muita opinião sobre coisas que me tiram do sério!

Coisas que me tiram do sério

Aqui vão poder ler desabafos, asneiras, e muita, muita opinião sobre coisas que me tiram do sério!

Ultimamente tenho viajado muito de comboio, por força de compromissos profissionais e também pessoais. Aproveito para ir à capital e, já que estou com o pé no caminho, dou um saltinho ao reino dos Algarves. Portanto, tenho de me sujeitar às condições que a circunstância de viajar rodeada de gente que não conheço de lado nenhum me são impostas.

Como, por exemplo, estar muito bem sentada no meu lugar à janela (ninguém me tira o lugar à janela - ainda que, às vezes, torne um bocado proibitiva a ida à casa de banho, fedorenta, do comboio), e ter um matulão (ou matulona, não quero discriminar) de quase 2 m de altura sentado atrás de mim que, para ficar confortável, decide espetar os joelhos nas costas do banco da frente.

Como, mas como, é que não passa pela cabeça destas pessoas que, na realidade, estão a espetar-me os joelhos nas costas?? O banco do comboio não é uma estrutura rígida que tem uma parede entre os joelhos de dita criatura e as costas da pessoa da frente. E sentir os os joelhos de outra pessoa nas minhas costas aleija! E é desconfortável! 

Por isso, meus caros, fica aqui uma nota de serviço público. Se vocês são dessas criaturas abençadas com uma altura razoável e sentem a necessidade de encostar os joelhos no banco da frente, lembrem-se só que possivelmente está uma pessoa no banco da frente e vocês estão só a aleijá-la. Os minorcas desta vida agradecem.

Se há coisa que todos os anos acontece, é no virar do ano, prometemos que fazemos e acontecemos. Há qualquer coisa no renovar do ano que enche as pessoas de vontade de serem melhores, fazer mais coisas. Vão ao ginásio, vão deixar de fumar, vão perder peso, vão mudar de vida, vão arranjar emprego, vão escrever todos os dias.... Isto e mais aquilo.

É tudo muito bonito, mas e quanto tempo é que isto dura? 15 dias, vá um mês. E tira-me do sério, mas cá estou eu, com vontade de voltar a partilhar coisas que me tiram do sério convosco. Porque me liberta da irritação e porque talvez roube um sorriso a alguém. 

Venha lá o ano novo, e venham lá essas resoluções todas. Feliz 2022!